O que é e como usar o ClubHouse!

ClubHouse

O CLUBHOUSE é a mídia social mais comentada esta semana. Criada em abril de 2020 por Rohan Seth (ex-funcionário do Google) e Paul Davison. Receberam mais atenção desde que Elon Musk anunciou estar na rede.

A experiência lembra estações de rádio, vamos mudando de canal e ouvindo assuntos diversos. Ou até mesmo as salas de bate-papo no Uol, Bol e Terra onde pessoas desconhecidas entravam para assuntos aleatórios.

Diferente da experiência das salas de bate-papo encontramos no ClubHouse grandes nomes do Empreendedorismo, Marketing Digital e personalidades públicas. Participei de várias salas onde vi rodadas sobre o ambiente digital e até mesmo o excesso de redes sociais.

O interessante na rede é trazer para a conversa pessoas que talvez você não teria como conversar em outra rede social, com vários outros ouvintes e opiniões rolando em áudio. Não é permitido fazer nenhuma gravação dos papos na rede, é contra as políticas da mídia.

Passo a passo

Ao ser aprovado na rede social selecione temas de interesse. Assim prepara o ClubHouse para te mostrar assuntos relevantes para você.

No ícone do envelope no topo do aplicativo você vê quantos convites estão disponíveis para enviar à outras pessoas. No início era permitido o envio de 2 convites, entretanto, ao longo dos dias percebemos que o app liberou 3 convites em 2 oportunidades diferentes.

No ícone da lupa você pesquisa outros usuários, temas de interesse e clubes.

No ícone calendário você clica para visualizar agendas do seu interesse, que tenha selecionado para ser notificado e até mesmo os eventos que você criou.

No FEED aparecem as salas disponíveis no momento — de acordo com seus interesses (lembra?). Para entrar é só clicar na sala. Para sair é só clicar em “Leave quietly”.

Para criar sua própria sala, clique no ícone verde, “Start a ROOM”.

Para descobrir salas onde seus amigos estão, basta clicar no ícone ao lado do START a ROOM, que parece um teclado, com uma bolinha verde. Ali é possível visualizar seus amigos on-line e em quais salas eles estão.

Outro ponto importante. Vi muita gente falando sobre o ClubHouse ser direcionado aos usuários de iOS e por convites como prática de elitismo. Formei minha opinião na comunidade que participo @smxp.com.br — maravilhosamente esclareceram em nosso grupo que nos Estados Unidos a maioria das pessoas tem iOS. Até então, a mídia social estava contando com 10 funcionários. 10!!! Claro que com o boom da rede e novos investimentos, vão produzir um aplicativo para usuários Android. Cuidado para não militar errado.

Qual tipo de impacto uma rede como ClubHouse teria no uso para igrejas e ministérios? Ontem não encontrei nenhuma sala cristã em português na rede. Criei uma. Foi ótimo, tivemos uma interação bacana e pude conversar com outros irmãos sobre as primeiras impressões.

Acredito que o ClubHouse pode servir como maneira de criar grupos de estudo, oração, mensagens, reuniões abertas e no caso de nós, #criativoscristãos realizar e compartilhar rodadas de conhecimento para nossa turma.

Gostei da experiência, vamos fazer uma live neste sábado, às 18h no ClubHouse sobre Planejamento de Comunicação para Igrejas e Ministérios.

vamos conversar
converse com o nosso time