Vai ter LIVE em 2021?

Mais de 85 milhões de brasileiros assistiram LIVE no YouTube até agosto de 2020. O boom do formato sem dúvidas foi impulsionado pela quarentena e o distanciamento social necessário por conta da pandemia.

Para 2021 um dos maiores desafios das igrejas é decidir em seu planejamento como serão os cultos on-line. INOVAÇÃO é um termo não muito usado em nosso meio, mas, já pensou em como inovar nas transmissões? Isso tem a ver com os canais escolhidos para transmitir, formato, posicionamento de câmera/corte, a maneira como intitula mensagens e a descrição do vídeo, o uso de hashtags e playlists para facilitar que sejam encontradas!

Segundo pesquisa divulgada pelo Invisible College, nos 3 primeiros meses de isolamento as igrejas optaram por estes formatos durante o distanciamento:

  • 74% transmissão ao vivo*
  • 14% culto familiar (em casa)
  • 10% gravação
  • 2% outros

Entre as razões para escolherem a transmissão ao vivo estão:

  • interatividade
  • pessoalidade
  • evangelização
  • já tinham estrutura para isso

As igrejas que escolheram gravação foi por um destes motivos:

  • falta de recursos técnicos para transmitir
  • facilidade de acesso para idosos
  • prevenção de problemas técnicos
  • flexibilidade do formato
  • já realizavam gravações antes do isolamento

Esta mesma pesquisa mostra que 48% das igrejas não transmitia ou gravava cultos antes da pandemia.

Para igrejas que não tiveram a opção para usar a internet optaram por:

. Incentivo ao culto familiar

. Entrega de material impresso em casa, como devocionais

. Ligações telefônicas

. Atendimento pastoral individual

. Visita de irmãos da igreja

. Visita de equipe de apoio com notebook para exibição do sermão

. Envio de correspondências com as leituras recomendadas

. Encontros pontuais em locais abertos e sem aglomeração

. Proporcionar financeiramente o acesso à Internet

. Envio de SMS

. Envio de cartas

. Carro de som com músicas e sermões

A pesquisa é bem abrangente e inspiradora. Se puder, acesse aqui para saber mais. https://theinvisiblecollege.com.br/lab/isolamento/

vamos conversar
converse com o nosso time